Olhares Podcast | Ep #02 O que é feminismo
312
post-template-default,single,single-post,postid-312,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,vertical_menu_enabled,qode-title-hidden,qode_grid_1300,side_area_uncovered_from_content,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Ep #02 O que é feminismo

Ouvimos tanto sobre feminismo e feministas – na maioria das vezes de forma ofensiva e deslegitimadora – que nos questionamos: será que as pessoas realmente sabem do que se trata o feminismo, como começou e pelo que luta? Quem são as feministas, o que elas fizeram de fato pelas mulheres e pela sociedade?

Neste episódio queremos esclarecer esses pontos e mostrar como o movimento feminista foi e ainda é importante na conquista de direitos das mulheres na esfera pública e privada, no direito à cidadania, à democracia e contra as desigualdades sociais. Que não tenhamos mais reservas em nos proclamar em alto e bom som: SOMOS FEMINISTAS!

Referências citadas no episódio:
Lágrimas de sangue:

Discurso do Presidente Temer pelo Dia Internacional da Mulher.

Notícia do aborto negado a menina de 11 anos.

Lágrimas de diamantes:

Sanções ao deputado europeu que recentemente disse, em plenário, que as mulheres deviam ganhar menos que homens porque são menos inteligentes.

Campanha Nescau – Meninas fortes.

Sátira ao vídeo das crianças que invadem entrevista ao vivo.

 

Caleidoscópio:

Documentário “She’s beautiful when she’s angry” (2014):

Livro – A cozinha das Escritoras – Stefania Aphel Barzini 

Palestra do TEDx da Chimamanda – Todos nós deveríamos ser feministas

Livro “A cama na varanda”, da Regina Navarro Lins, edição revista e ampliada: discute de modo revolucionário a história sexual humana, da valorização da mulher na Antiguidade, ao surgimento do patriarcalismo e às novas normas sociais.

Referências: Série “O direito achado na rua”, volume 5 – Introdução crítica ao direito das mulheres. Lançado dia 30 de junho de 2012, no Núcleo de Práticas Jurídicas, em Ceilândia. Criado em 1987 sob a forma de um curso de extensão universitária a distância, o projeto O Direito Achado na Rua foi elaborado por pesquisadores do Núcleo de Estudos para a Paz e os Direitos Humanos, com apoio da então Coordenadoria de Educação a Distância do Decanato de Extensão — hoje chamada de Centro de Educação a Distância (CEAD-UnB).

 

Assine o Olhares Podcast:

iTunes | Agregador para Android

Siga, curta, comente e compartilhe: