Olhares Podcast | Ep #011 Mulheres refugiadas, quem são elas?
463
post-template-default,single,single-post,postid-463,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,vertical_menu_enabled,qode-title-hidden,qode_grid_1300,side_area_uncovered_from_content,qode-content-sidebar-responsive,qode-theme-ver-10.1.1,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
Mãe e filha refugiadas

Ep #011 Mulheres refugiadas, quem são elas?

Se preferir, clique aqui para baixar o Episódio

Em um mundo onde conflitos armados e violentos tomam proporções cada vez maiores, a busca de refúgio é a única opção para a sobrevivência. Dentre milhões de pessoas que se deslocam nesse processo, as mulheres refugiadas são as que sofrem maior anulação, sofrem as mais graves violações e exposição, enquanto meros instrumentos de guerra. Como os órgãos internacionais atuam na defesa dessas mulheres? Como os países lidam com as situações de refúgio? De onde vem o maior fluxo de refugiados atualmente? Quais as políticas públicas brasileiras para o atendimento aos refugiados? Vem ver!

Nossa convidada

Gabriela Ferraz 
graduada em Direito pela Universidade Salvador e Mestre em Direito Comparado e Estudos Europeus pela Universidade de Estrasburgo. Atuou com a ONG Médicos sem Fronteiras na República Democrática no Congo e como advogada na Caritas Arquidiocesana de São Paulo, trabalhando com a acolhida de refugiad@s. Foi pesquisadora do IPEA e Ministério da Justiça no tema de Migrações e Refúgio e é colunista do site de notícias Justificando. Trabalhou como Coordenadora de Advocacy da ONG ITTC – Instituto Terra, Trabalho e Cidadania e Advogada da Pastoral Carcerária, sendo, atualmente, Coordenadora do CLADEM – Comitê Latino Americano e do Caribe para a Defesa dos Direitos das Mulheres no Brasil.

Caleidoscópio
Outro links citados no episódio

Assine o Olhares Podcast:

iTunes | Agregador para Android

Siga, curta, comente e compartilhe:

                                         

  • anderson kilpp bernardo

    o filme Metade de um sol amarelo foi removido do netflix em junho. 🙁

    • Olhares

      Poxa Anderson, que pena. Se souber de algum outro canal pra assistir, por favor fale aqui. Ficaremos muito agradecidas.